Produtividade e Organização

10 erros para não cometer nos textos do seu blog!

Quer escrever textos excelentes para seus leitores? Veja 10 erros que não se deve cometer e aprenda com eles.

erros texto blog

Muitas pessoas me mandam emails, pedindo análise de seus blogs, opiniões sobre SEO e layout, entre outras coisas. Mas uma coisa que as pessoas acabam negligenciando em seus sites, é a qualidade dos seus textos. Vou falar sobre 10 erros comuns para evitar para entregar conteúdo de qualidade a seus leitores.

1. Textos sem embasamento

Existe uma grande diferença entre um texto original e um texto raso, sem fundamento e baseado em “achismos”. É lógico que não se deve copiar textos dos outros, tanto para não ser punido pelo Google quanto para não ser processado. Mas é possível e desejado pesquisar textos de outros autores para escrever o seu. Afinal ninguém é obrigado a saber tudo sobre nenhum assunto. Cite os outros autores, pesquise e traga o ponto de vista deles para o seu texto. Aproveite para concordar ou discordar, dando mais ligação e autoridade ao seu próprio texto. Não esqueça de citar esses autores e dê os créditos na sua pesquisa.  

2. Textos com português sofrível

Mesmo que seu texto não seja uma tese ou artigo científico, seu leitor merece o respeito de ler um texto com o uso correto do português. Se você costuma cometer erros por desatenção, não há vergonha alguma em contratar um revisor que possa lhe auxiliar nisso. Aqui mesmo no Mestre dos Sites, tenho um parceiro que revisa os textos antes de serem publicados. (nota do revisor: Olá, pessoal 😉 )

3. Textos sem links externos

Deixe de usura e link outros blogs em seu texto. Linkar é um dos mais básicos conceitos da internet, interconectando e disponibilizando informação mundialmente através de hiperlinks. Isso mostra não só seu respeito pelo trabalho alheio, como garantirá links de volta no futuro, fortalecendo linkbuilding e PageRank.

4.Textos curtos e superficiais

Se o leitor chegou ao seu site, é porque veio atrás de uma certa informação. Qual não será a surpresa dele ao se deparar com um texto raso, curto e mal escrito, que tem o objetivo de conseguir visitas de “paraquedistas do Google”. Sua taxa de rejeição subirá nas alturas, gerando efeito contrário no posicionamento junto ao Google, uma vez que ele costuma punir os sites com alta rejeição com queda nos resultados de busca.

5. Textos traduzidos direto do tradutor do Google

Não há nenhum problema em pesquisar sites em inglês e traduzi-los no Google Tradutor. Mas eu disse pesquisar, não copiar. Muita atenção aqui. Apesar da ferramenta ser excelente e melhorar continuamente, quando se coloca um texto muito grande, ele não liga corretamente as palavras. Assim, a preguiça de copiar e colar direto da ferramenta gera um texto esquisito, sem sentido algum para os visitantes e que parece ter sido escrito por um robô (e, na verdade, foi mesmo).

 6. Textos plagiados de outros blogs

plagio

Não adianta dar uma de esperto, pegando parágrafos de sites diferentes e fingir que criou conteúdo original. O Google já identifica esse “remix” de conteúdo. Pior ainda! Alguns blogueiros nem releem o que está escrito, entregando ao leitor um texto “frankenstein” que não faz o menor sentido. Pesquisar é totalmente saudável, mas plagiar, jamais!

7. Não possuir uma linha editorial

A não ser que seu site seja de notícias e cada uma delas sobre um assunto, ou ele seja um site de tutoriais, estilo “pega paraquedista”, ele deve sim, seguir uma linha editorial de assuntos. Não faz o menor sentido entrar em um site e ler um texto sobre SEO e WordPress, outro sobre heavy metal e outro sobre culinária. Muito provavelmente seu leitor irá atrás de sites que falam com mais propriedade sobre o assunto que ele está procurando. Se seu site é apenas para “paraquedistas”, talvez isso funcione e você vá a frente, mas vivendo escravo do Google e de suas mudanças, sem anunciantes diretos, com um layout sacrificado em prol de anúncios do AdSense e sem um público fiel.

8. Não criar imagens de forma adequada

Poucos blogueiros sabem dosar o uso de imagens em seus posts. Em alguns sites que frequento, noto 2 casos opostos: ou o blogueiro enche um texto curto e raso de imagens para tentar dar uma disfarçada, ou ele coloca um texto extremamente longo e sem imagens para dar um “refresco” na leitura. Saiba dosar o uso de imagens em seus textos. Uma boa média é uma imagem a cada 200 a 250 palavras. Como isso é apenas uma estimativa, você deve checar se seu layout já não tem muitas imagens.

9. Não manifestar seu ponto de vista

Um blog nem sempre precisa ser imparcial e ficar “em cima do muro”, agindo como veículo jornalístico. Em alguns casos, o leitor quer ver justamente o seu ponto de vista, quer que você fale abertamente sua opinião a respeito de determinado assunto. Mostre ao leitor sua posição. Defenda um “lado”. Leitores em geral odeiam textos “mornos” e sem paixão.

ponto de vista

Todo mundo vê algo diferente em determinada situação...

 

10.Imitar girias e falas de outros blogueiros

Uma das coisas que o leitor médio repara em um texto é a personalidade do autor. E quão decepcionado não fica esse mesmo leitor, ao perceber que você imita outros blogueiros no jeito de falar, e até copia deliberadamente algumas falas dele. Limitar-se a imitar o jeito do blogueiro X ou Y só afastará os leitores.

Tem mais algum erro a adicionar? Deixe nos comentários para que possamos debater! 


Seja um leitor Premium, receba os artigos direto no email:


Almy
Almy Fróes é Analista de TI, problogger e compartilha no Mestre dos Sites o que aprendeu sobre WordPress, blogs, SEO e otimização de sites
Mais alguns posts interessantes:
conteudo
Importância do conteúdo de qualidade para blogs
redatores
5 DICAS PARA MELHORAR O CONTEÚDO DO SEU BLOG
programa afiliados
Ganhar online: conheça os 5 segredos de quem ganha dinheiro com blogs e sites!
6 Comments
  • Isac
    13 13America/Sao_Paulo setembro 13America/Sao_Paulo 2012 at 2012-09-13T21:24:15+00:000000001530201209
    Resposta

    Cara gostei muito do seu blog! É a primeira vez que visito ele e amei o jeito que você aborda os assuntos. Parabéns e continue assim.

  • 11 11America/Sao_Paulo setembro 11America/Sao_Paulo 2012 at 2012-09-11T11:39:56+00:000000005630201209
    Resposta

    Muito bom o post. Tenho um amigo jornalista, o @DanielChaves que devia ler isso e aprender bem como montar um blog da forma correta! Curti!

  • 8 08America/Sao_Paulo setembro 08America/Sao_Paulo 2012 at 2012-09-08T15:59:45+00:000000004530201209
    Resposta

    Olá Almir,

    Parabéns pelo seu texto!
    Infelizmente existem muitos blogueiros que primam pela falta de originalidade, imaginam que é só organizar um blog/website e despejar conteúdos esparsos como uma colcha de retalhos. Seu artigo elucida muita coisa e auxilia a muitos não trilharem esse caminho errado.

    Abraços

  • 4 04America/Sao_Paulo setembro 04America/Sao_Paulo 2012 at 2012-09-04T18:23:48+00:000000004830201209
    Resposta

    Eu me inscrevi no seu blog, estou gostando muito de suas dicas e informações.

    Concordo com cada item e tenho muita preocupação em respeitar os leitores.
    Qualidade é fundamental.

    Beijos

  • 4 04America/Sao_Paulo setembro 04America/Sao_Paulo 2012 at 2012-09-04T15:00:31+00:000000003130201209
    Resposta

    Mestre,

    A parte que citou da tradução direta do Google é péssima. Já acessei vários blogs assim, e a qualidade da interpretação fica a ver navios rs.

  • 2 02America/Sao_Paulo setembro 02America/Sao_Paulo 2012 at 2012-09-02T23:17:04+00:000000000430201209
    Resposta

    Boas dicas. Eu estava planejando um post exatamente sobre qualidade de texto, vou dar uma segurada nele =D

    Acho que artigo baseado em achismo pode até ser justo… desde que o autor deixe claro isso no conteúdo. Pior é ver achismo postado como verdade absoluta.

Deixe seu comentário

Your Comment*

Your Name*
Your Webpage