Temas Variados

Email marketing leva novo golpe da Google!

Google lança mão de mais um golpe para intensificar sua presença no mercado de publicidade online e novamente a vítima é o email marketing. Entenda esse novo golpe da Google, disfarçado de otimização.

A Google é uma empresa inovadora e os smartphones com Android, o Google Glass, Google maps e outras utilidades estão por aí para provar. Porém, algo que muitos fãs da Google se esquecem, é que ela é uma empresa, e toda empresa precisa lucrar. A nova medida da Google em relação ao email marketing  é agressiva e coloca cada vez mais ênfase nessa questão. Já falei várias vezes sobre esse assunto aqui no blog, relembrando que é perigoso depender do Google, seja em qual plataforma que for nos posts  Atenção blogueiros! O google é uma empresa, entendam isso ou vão dançar e O que é spam para o Google? Qualquer coisa sobre a qual não possa lucrar!

Hoje vamos falar sobre a novidade do Gmail da Google em relação ao email marketing e por que ela tem provocado tanto alvoroço.

Novo golpe da Google no email marketing

Googles-Monopoly

A novidade da Google é que os emails que chegam ao Gmail e que possuem imagens não terão mais a opção de “exibir imagens”. Essas imagens agora serão armazenadas em cache nos servidores da Google. Para quem não entendeu, explico. Vários programas e sistemas de email marketing usam a abertura dessas imagens como métrica de alguns sinais que dizem muito sobre a pessoa que está abrindo o email como IP, dados de abertura, se o cliente é web, móvel ou desktop, além de cookies que informam sobre audiência específica, entre outras informações. Isso ajuda quem faz email marketing a ter campanhas mais eficientes e diz muito sobre seu público. E é exatamente com isso que o Google quer acabar, ou pelo menos atrapalhar um pouco.

A desculpa da Google

Segundo a Google, a ideia dessa inovação é fazer com que as imagens carreguem mais rápido para o usuário, ao invés de ter de acessar um servidor externo, de onde normalmente essas imagens são “puxadas”. Outra alegação é de que isso irá aumentar a privacidade do usuário. Chega a ser irônico, uma vez que o Gmail exibe publicidade contextual, fuçando nossos emails para exibir publicidade cada vez mais atraente. Essa não é a primeira vez que a Google tenta atrapalhar quem faz email marketing.

Google x Email marketing

Recentemente a Google já havia dado outro golpe em quem faz email marketing, ao criar as abas. Esse recurso, embora possa ser desativado, é removido por poucos usuários. A maioria fica com preguiça e deixa assim mesmo.

gmail email marketing

As abas do Gmail

Isso já diminui consideravelmente a chance de alguns emails serem abertos. Note que não estou falando de SPAM. Eu não gosto de spam e nem quero receber! Porém, listas que já assinei ou que pedi para chegarem – com produtos por exemplo – podem acabar entrando na mesma conta de coisas que pedi para não serem mostradas. Não acho certo que o Google decida por mim.

Debates no mercado

Uma discussão acalorada se formou em alguns fóruns, principalmente nesse daqui. Vou levantar alguns pontos interessantes apontados por usuários, e convoco vocês leitores à discussão:

– No fim das contas, quem enviou o email só saberá se o usuário abriu pelos cliques vindos via gmail. Se ele apenas abriu e leu, você como email marketeer não irá saber. Taxa de abertura deixará de ser métrica para clientes que usam gmail, e convenhamos, eles não são poucos.

– Muitos webmarketeers usam como métrica principal essa abertura da imagem. Perde-se uma poderosa ferramenta de rastreio.

– URL única para cada imagem ainda funciona, mas e a implementação? Por exemplo: httpurl/image.jpeg?email=your.email@gmail.com

– Alguns usuários alegam que é correto que quem enviou a mensagem não saiba de seus detalhes, que os cookies e trackings não deviam estar lá. Usuários alegam que fazer parte de uma mail list não deveria dar acesso a suas informações de abertura ou não do correio. (Algumas empresas por exemplo não permitem que o Outlook exiba o aviso de que a pessoa leu o email).

– Outras pessoas defendem o fato que o Google é uma empresa e está correto em atrapalhar seus concorrentes em potencial, e que não tem obrigação nenhuma de enviar esses dados de tracking das imagens.

Ou seja, o assunto ainda vai dar pano pra manga.

Conclusão

Muita gente pode ainda não ter entendido e estar comemorando o suposto “fim do spam” mas a questão está bem longe disso. A Google ganha dinheiro com AdWords e AdSense. Eles não trabalham com email marketing… o mais próximo que chegam disso é vasculhar seu email e mostrar anúncios que tenham a ver com eles. Ou seja, a intenção é que cada vez mais as empresas parem de usar email marketing e anunciem no AdWords. O grande problema é termos num futuro próximo um monopólio da Google sobre a publicidade online.

E vocês leitores, o que acham dessa nova medida da Google?

Fonte: Help Scout e Hacker News, com uma grande ajuda do Vinicius Viana


Seja um leitor Premium, receba os artigos direto no email:


admin
Almy Fróes é Analista de TI, problogger e compartilha no Mestre dos Sites o que aprendeu sobre WordPress, blogs, SEO e otimização de sites
Mais alguns posts interessantes:
sopa brasileira
Atenção blogueiros e webmasters! Deputado quer aprovar lei SOPA brasileira!
eleicoes 2014
7 dicas para evitar problemas com seu blog/site durante as eleições
Alguns conselhos úteis…
6 Comments
  • 19 19America/Sao_Paulo dezembro 19America/Sao_Paulo 2013 at 2013-12-19T16:26:58+00:000000005831201312
    Resposta

    Ok, é um saco ter que ficar “gaming the game” toda vez que o gigante das buscas muda alguma coisa, mas, essa das imagens é TÃO fácil burlar que chega a ser ridículo.

    Imagine uma estrutura de imagens assim: dominio/img/hash-unico-de-usuario/nomedaimagem.jpg

    Pronto.

  • Paulo
    18 18America/Sao_Paulo dezembro 18America/Sao_Paulo 2013 at 2013-12-18T11:37:29+00:000000002931201312
    Resposta

    Nunca gostei que esse pessoal que faz e-mail marketing me veja como um objeto, analisando meus cliques e as imagens que abri. Isso é muita indiscrição.
    Quando recebo links camuflados no Aweber(e outros que podem ser usados pra monitorar cliques), faço questão de NÃO CLICAR.
    Quem quiser me vender alguma coisa, mostre o produto discretamente, e se eu quiser comprar, eu compro. Não vou servir de estudo pra marqueteiro.
    Sendo assim, ponto pro Google que está atrapalhando quem usa essas técnicas.

    Mas o Google também recebe um ponto negativo por fuçar os e-mails em busca de palavras-chave. Ainda bem que existem extensões do próprio Chrome(que ironia) que bloqueiam a exibição dessas propagandas indiscretas, tanto na lateral como no topo do Gmail.

  • rafael
    16 16America/Sao_Paulo dezembro 16America/Sao_Paulo 2013 at 2013-12-16T10:53:23+00:000000002331201312
    Resposta

    Gostei mto do artigo parabéns!

  • 13 13America/Sao_Paulo dezembro 13America/Sao_Paulo 2013 at 2013-12-13T12:11:36+00:000000003631201312
    Resposta

    Assim como o Juliano disse, eu também não costumo utilizar imagens em meus e-mails, exceto em algumas raras exceções. Mas mais uma vez o Google pensando apenas no SEU lucro e esquecendo de NÓS, pobres mortais tentando viver de uma maneira confortável através da internet.

    Abraço, Almy!

  • 13 13America/Sao_Paulo dezembro 13America/Sao_Paulo 2013 at 2013-12-13T09:51:31+00:000000003131201312
    Resposta

    Almy, muito boa esta informação passada.

    A Google tudo que ela vem fazendo ultimamente sempre diz estar pensando no usuario, nunca diz que pensa nela mesmo.

    Parece estar bem claro isso, eles conseguindo desbancar o email marketing, os anunciantes irão aumentar, pois as empresas e profissionais pagaram para serem vistos.

    Ela esta no direito dela, somos usuarios, mas muitos svão ser prejudicados de algum modo se estas mudanças continuarem.

  • 13 13America/Sao_Paulo dezembro 13America/Sao_Paulo 2013 at 2013-12-13T08:41:27+00:000000002731201312
    Resposta

    O velho e bom Google sempre aprontando…

    Meu caro, a corda sempre vai estourar pro lado “mais fraco” nesse caso nós, mortais que usam profissionalmente o e-mail marketing apenas informando nossas leads que tem real interesse em nosso conteúdo.

    Ainda assim o Google está deixando claro algum tipo de “guerra” aos marketeiros que tem como sua principal fonte de conversão e vendas o e-mail marketing.

    Enfim, em nossa postura como marketeiros o único jeito é educar nossos leitores orientando-os a respeito dessas mudanças e aos que estiverem conectados conosco – esses sim irão permitir nossas imagens quando mandamos.

    Eu mesmo procuro não usar imagens nos meus e-mails. (salvo raras exceções).

    Abraços.

Deixe seu comentário

Your Comment*

Your Name*
Your Webpage