Divulgação de Sites

Growth Hacking: afinal, que p##% é essa?

Palavra vem se tornando moda na web, mas conceito já é antigo nos Eua. Entenda o que é Growth Hacking, como ele funciona e como ele pode ajudar seus projetos na web.

No mundo da Internet, vários novos conceitos viram moda do dia para a noite. E um desses termos que vem recentemente “bombando”em blogs nacionais, é o growth hacking. Muita gente não entende o termo e acha que tem algo a ver com hakcers e invasão de sites, mas podem ficar calmos. Na maioria das vezes o growth hacking é algo usado de forma positiva e embora por aqui só nos últimos meses tenha virado moda, lá fora o conceito já é utilizado há muito tempo. Vamos parar de enrolar e seguir na explicação…

O que é Growth Hacking

growth hacking

Bom, a expressão growth hacking jogando em algum translate da vida, tem como significado:  “pirataria do crescimento”. Sim, pareça algo sombrio e perigoso, mas essa gíria tem uma explicação. Na verdade um growth Hacker, seria um “hacker” que tenta fazer as coisas de modo não convencional, com idéias criativas e inovadoras. Sendo mais direto, “Growth hacking” é um conceito novo que traduz uma maneira dinâmica e inteligente de ter ideias e soluções para crescimento de produtos, marcas e experiência com usuários por meio da gestão inovadora de dados e tecnologia no ambiente digital, com o objetivo de perseguir novas formas de utilizar estratégias, informações e interações em favor do desenvolvimento de negócios, empresas, sites, etc.

O termo surgiu em 2010 com Sean Ellis, um empreendedor incrível que ajudou diversas startups a alcançarem crescimento recorde. Depois de certo tempo ele virou o cara que todos do Vale do Silício iam para buscar ajuda com crescimento de usuários. Embora o conceito esteja associado a Startups, ele é utilizado em várias áreas.

E isso se dá, com a utilização de várias ferramentas, como por exemplo:

  • Aquisições Virais: Através do compartilhamento de conteúdo dos usuários existentes para os novos;
  • Aquisições pagas: Com estratégias de SEM (search engine marketing), Links patrocinados (Google Adwords, Facebook Ads), anúncios na TV, celulares, rádios, marketing de afiliados, dentre outros;
  • Marketing de Conteúdo: Através de posts em blogs, infográficos e vídeos virais, aumentam a visibilidade da marca e o tráfego para o site, convertendo visitantes em consumidores;
  • E-mail Marketing: Estratégia de relacionamento utilizada para conversão de novos consumidores e motivação para gastarem mais com o seu negócio;
  • SEO (otimização em sites de buscas): Efetivamente utilizado para construir uma infraestrutura escalável aplicáveis a inúmeras páginas, ao invés da seleção tradicional de uma pequena quantidade de palavras-chave.

Como trabalha o growth hacker?

growth hacker

O growth hacker é um híbrido de marketeiro e desenvolvedor. É aquele que olha praquela pergunta trivial “como consigo clientes pro meu produto?” e responde com testes A/B, landing pages, entregabilidade de emails e marketing viral. E muito além disso, tratam a disciplina do marketing direto com ênfase extrema em resultados e análise de informações baseadas em queries e planilhas, se necessário.

Exemplos na Web

Growth Hacking Idea – essa empresa atualmente tem distribuído excelentes conteúdos e idéias para growth hacking, e entrega todo dia uma nova. Cadastre-se para receber.

Monetizze – a empresa de infoprodutos, concorrente da Hotmart, criou um programa de indicações, onde 1% do que seus indicados gerarem durante um ano, irá para sua conta. Ficou curioso(a)? Pois clique aqui e entenda melhor!

Dropbox – a empresa virou referência em armazenamento de arquivos na nuvem, criando um sistema de indicações, onde quanto mais pessoas você indicar, mais espaço gratuito no disco virtual deles você ganha. Quer participar? Cadastre-se aqui e indique seus amigos!

Gmail – sim, para quem não lembra, no começo do gmail, você agia como divulgador do serviço, entregando o convite para seus amigos. Isso não só criava um buzz, como passava a idéia de que quem tinha o serviço era “especial”.Isso só ajudou ele a crescer muito mais rápido, com seus convites disputados a tapa por aí.

Tinder

tinder

O consenso geral entre as startups é “comece local” e o Tinder fez muito bem isso. Apesar de você poder se conectar com pessoas muito distantes, o aplicativo também permite reduzir o raio de busca e procurar pessoas muito próximas, as vezes no mesmo prédio que você. Então, os fundadores organizavam festas em universidades onde, para entrar, o convidado precisava instalar o aplicativo. Lá dentro, ele usava o aplicativo e podia conhecer outras pessoas na festa. Era um jeito divertido de mostrar o que a startup fazia. E funcionava muito bem.

No dia seguinte, as pessoas que foram na festa já tinham o aplicativo em seus celulares e tinham visto o que ele podia fazer. Você pode imaginar a tração que isso trouxe para o negócio apenas pelo boca a boca.

Como ele pode ajudar seu site?

Calma, vamos falar sobre ele sim.. :p

           Calma, vamos falar sobre ele sim.. :p

 

 

Uma forma de crescer rapidamente é captar uma lista de emails por exemplo. Existe um jeito bem agressivo de aumentar a sua lista. Simplesmente implemente um formulário de captação de emails opt-in na home do seu site.Você pode fazer isso com alguns desses serviços:

1. www.manycontacts.com
2. www.mailchimp.com
3. http://leadin.com

Guest Post – sim, o guest post, desde que você atinja um público relevante , é sim uma forma de growth hacking. Mire nas referências da sua área e tente entrar em contato.

Pop Up de fuga – uma prática que tem sido bastante adotada é o pop-up de fuga. Em geral, os usuários não são muito fãs de janelas que aparecem na tela inesperadamente, mas esse formato é considerado menos invasivo. No wordpress por exemplo, existem vários plugins gratuitos que fazem isso, aqui nesse site tem vários exemplos.

Marketing de conteúdo – uma ferramenta que frequentemente vejo sendo subestimada por donos de empresas, o content marketing prevê a criação de blogs corporativos, onde são publicados conteúdos educativos em formato de posts, e-books, white papers, vídeos, infográficos etc. Ao viralizar, a estratégia aumenta a visibilidade da marca e, consequentemente, o tráfego para o site, e transforma visitantes em consumidores.

Conclusão

Em suma, o Growth Hacking é a interseção entre o marketing e o desenvolvimento do produto, fazendo mais com menos. As estratégias são articuladas desde o desenvolvimento do produto e, por isto, levando uma experiência mais agradável ao consumidor que, por sua vez, atrai novos usuários ao viralizá-la.

growth-hacking-retail

Embora hajam muitos debates em torno do tema, o growth hacking não é uma vertente do marketing. Há uma diferença importante entre os profissionais de marketing e os growth hackers: ambos tem objetivos diferentes. Enquanto o marketing se empenha em fazer a mudança de percepção da marca, gerar mais vendas, entender as necessidades do cliente, etc, o growth hacking tem como objetivo gerar maior crescimento de usuários (clientes) de uma empresa, utilizando-se de uma série de estratégias para tal: seja aprimorando a comunicação, o próprio produto ou a experiência do usuário. O objetivo final dos growth hackers está em gerar um maior alcance de sua startup a nível de usuários, gerar melhoria no relacionamento, fundamentar os feedbacks e entregar tudo isso para que o marketing possa dar continuidade ao processo. E tudo isso de forma rápida e com baixo investimento.

Bom pessoal, espero que tenham curtido as idéias e que consigam desenvolver também boas ideáis de growth hacking pro seus sites e negócios. Aliás, se já utilizou alguma , que tal compartilhar a experiência conosco? Os comentários estão em aberto!

Referências: Marketing de conteúdo, Marcelo Toledo, Kissmetrics, Ideia de marketing

Seja um leitor Premium, receba os artigos direto no email:


Almy
Almy Fróes é Analista de TI, problogger e compartilha no Mestre dos Sites o que aprendeu sobre WordPress, blogs, SEO e otimização de sites
Mais alguns posts interessantes:
redes sociais
Divulgação: como conseguir visitas de fontes que ninguém dá atenção!
resolvendo problemas
Branding e Relacionamento: seu site resolve os problemas do seus visitantes?
espionar concorrentes
Quer espionar seus concorrentes? Conheça 8 ferramentas incríveis!
4 Comments
  • 19 19America/Sao_Paulo dezembro 19America/Sao_Paulo 2016 at 2016-12-19T18:12:39+00:000000003931201612
    Resposta

    Prezados Senhores e Senhoras, companheiros e companheiras, as eleições acabaram #soquenao. Fui um dos escolhidos para brigar pelo seu voto, e olha que por ele estou fazendo guerra, distribuindo carinho, abraços e muito conteúdo inovador e secreto.

    Que a CIA e o FBI não saibam desta nossa conversa, mas que todos saibam que lhes espero ano que vem na Campus Party.

    Como fazer? Simples, clique no Link abaixo, entenda, fique cheio de dúvidas e participe, simples né?

    Sim, e acredite, sei muito sobre você e e falarei seus segredos neste encontro que vai dar o que BI, ops falar:

    http://campuse.ro/events/vire-um-curador-na-cpbr10-votos/talk/growth-hacker-acredite-sabemos-muito-sobre-voce/

    #netoangelnacampus #growthhacker #zero11prop #marketingdigital #seo #palestrante #campusparty10 #campusparty

  • 11 11America/Sao_Paulo dezembro 11America/Sao_Paulo 2015 at 2015-12-11T00:49:05+00:000000000531201512
    Resposta

    […] Growth Hacking: afinal, que p##% é essa? […]

  • 23 23America/Sao_Paulo setembro 23America/Sao_Paulo 2015 at 2015-09-23T16:59:05+00:000000000530201509
    Resposta

    […] Growth Hacking: afinal, que p##% é essa? […]

  • 14 14America/Sao_Paulo setembro 14America/Sao_Paulo 2015 at 2015-09-14T15:10:43+00:000000004330201509
    Resposta

    Fala Almy,

    A primeira vez que vi esse programa eu pensei que fosse algum tipo de programa hack hahaha santa ignorância minha. Mas com certeza o Growth hacking vai ajudar muita gente aqui no Brasil.

Deixe seu comentário

Your Comment*

Your Name*
Your Webpage