SEO

Linkbuilding: quais técnicas permitidas e quais são Black Hat SEO?

link farm

Um dos termos que mais despertam a curiosidade de blogueiros e webmasters é o termo linkbuilding. Contudo, muita gente confunde linkbuilding com Black Hat SEO. Sugiro a leitura do post que fiz tempos atrás explicando o que é o Black Hat SEO.

Vou explicar melhor o que é o linkbuilding e como você pode fazê-lo sem o uso de técnicas de Black Hat e sem correr o risco de seu site ser banido das buscas pelo Google.

O que é o linkbuilding

Basicamente, o linkbuilding é investir para que seu site tenha links apontando para ele de forma natural, ao contrário do Black Hat, onde esses links são comprados ou conseguidos de forma irregular. O objetivo de ter links apontando para o seu site é aumentar o PageRank do seu site, melhorando o posicionado nas buscas do Google. Mas isso deve ser feito seguindo as suas regras ou todo trabalho pode ir por água abaixo. Os SEOs costumam dizer que a pergunta não “o Google vai me pegar burlando as regras?”, mas sim “quanto tempo vai levar até que o Google me pegue burlando as regras?”, já que ninguém escapa. Vamos a algumas técnicas saudáveis para melhorar o linkbuilding do seu site.

Técnicas “saudáveis” de linkbuilding

São iniciativas saudáveis para melhoria do seu linkbuilding:

– Colocar botões de compartilhamento das redes sociais em seus posts. Além de aumentar o alcance do seu conteúdo, com um público maior a chance do seu conteúdo ser linkado em outros sites aumenta.

– Fazer guest posts em outros sites, com um link de volta para o seu site. Mas nada de publicar 10 guest posts em 3 dias, ou pode surgir até um alerta do Google.

– Escrever artigos polêmicos. Quando escrevi o artigo sobre o Submarino e o outro sobre a Boo Box, não só fui bastante linkado, como tive muitas visitas das redes sociais (800 só do Twitter, em 1 dia).

– Usar plugins que embutem um link para seu site quando alguém copia seu conteúdo. Muitos plagiadores são tão preguiçosos que levarão seus links junto e acabarão publicando-os.

– Publicar seus links nas redes sociais. Isso atrai mais público e aumenta a chance de pessoas conhecerem e linkarem seu conteúdo.

– Enviar seus links para blogueiros que fazem os posts estilo “links da semana”. Muitas vezes eles são aceitos e você consegue links em sites PR2 ou PR3 dofollow. Mas não abuse. Nada de 20 links em um só dia ou pode cair na “malha fina” do Google.

Técnicas de linkbuilding consideradas Black Hat

black hat seo

 – Comprar links. Muitos webmasters entram em sites dos EUA e compram pacotes de 2 mil links por U$10. Ora, um site com menos de 2 mil visitas diárias, ganhando 2 mil links em 3 dias? Estranho, não? Foi exatamente para coibir isso que o algoritmo Google Penguin foi criado.

Spam em comentários. Admito que já deixei várias vezes comentários em blogs só por que sabia que o link na minha assinatura teria dofollow. Porém, sempre foram comentários que contribuíam com o texto, que tinham a ver com o conteúdo. Colocar comentários do tipo “legal” ou “bom post” irritam qualquer blogueiro e podem até ser encarados como spam pelos plugins de comentários ou pelo Google.

– Colocar links em qualquer tipo de site. Se seu site é sobre culinária, é natural e esperado que tenha links em site do mesmo nicho. Por outro lado, um link sobre culinária em um site de física quântica não faz o menor sentido. Além de não agregar nenhum valor, ainda liga o alerta de Black Hat para o Google.

E aí? Gostou do artigo? Como você investe no linkbuilding do seu site? Comente com a gente!


Seja um leitor Premium, receba os artigos direto no email:


Almy
Almy Fróes é Analista de TI, problogger e compartilha no Mestre dos Sites o que aprendeu sobre WordPress, blogs, SEO e otimização de sites
Mais alguns posts interessantes:
analytics logo
Google Analytics: aprenda a interpretar e fazer bom uso das suas informações! – Parte 1
sites de busca
Bing, Yahoo e Google: por que é importante que eles achem seu site?
seo
Dicas de seo :separamos 7 dicas para você fazer seu site subir no google!
6 Comments
  • 11 11America/Sao_Paulo março 11America/Sao_Paulo 2013 at 2013-03-11T12:46:43+00:000000004331201303
    Resposta

    Muito bom mesmo, esse artigo. Conheço muitas pessoas que cometem esses erros por ignorancia mesmo, mas não podemos culpa-lo, tudo tem seu tempo.

  • 28 28America/Sao_Paulo dezembro 28America/Sao_Paulo 2012 at 2012-12-28T09:04:56+00:000000005631201212
    Resposta

    Olá Almy,
    Uma outra maneira eficiente de se conseguir links é utilizando diretórios de artigos, tanto pagos como gratuitos, sem dúvidas, eles são sempre uma boa opção e alguns deles possuem certa credibilidade com o Google.

    Abraço!

  • 7 07America/Sao_Paulo outubro 07America/Sao_Paulo 2012 at 2012-10-07T12:22:05+00:000000000531201210
    Resposta

    Realmente é importante escrever comentários relevante, mas o tempo para um comentário ser publicado ou respondido muitas vezes inibem os leitores. Já tive comentários que demoraram seis meses para serem aprovados, isso me faz nunca mais comentar naquele blog, talvez nem voltar para ler.

    Achei que faltou você comentar sobre repositório de artigos. Essa é uma prática boa de linkbuilding?

  • 27 27America/Sao_Paulo setembro 27America/Sao_Paulo 2012 at 2012-09-27T11:33:40+00:000000004030201209
    Resposta

    Parabéns pelo artigo.

    Photo A – Cabine de fotos

  • 15 15America/Sao_Paulo setembro 15America/Sao_Paulo 2012 at 2012-09-15T17:22:35+00:000000003530201209
    Resposta

    Nossa muito bom o Artigo, comecei a ler o artigo como alguem que so ja tinha visto esse nome “Linkbuilding” mas nao fazia a minima ideia do que realmente era, e sai com otimas informaçoes sobre o assunto, eu estou trabalhando em um blog, vai me ajudar muito para consegiur trafego qualificado.

  • 14 14America/Sao_Paulo setembro 14America/Sao_Paulo 2012 at 2012-09-14T10:58:11+00:000000001130201209
    Resposta

    Olá Almy, descobri a pouco tempo que conteúdo de qualidade + otimizações básicas + Backlinks de qualidade = Boas posições nos mecanismos e é melhor do que comprar publicidades, por isto estou investindo forte em aprender sobre o assunto e seu conteúdo me ajudou muito. Obrigado!

    Um abraço e sucesso!

Deixe seu comentário

Your Comment*

Your Name*
Your Webpage