Produtividade e Organização

Redatores:veja no que prestar atenção antes de contratar alguem pra escrever em seu site!

Mostramos no que prestar atenção antes de colocar redatores em seu site, e como proceder.

redator

Ao contrário do que a maioria pensa, e já cansei de repetir por aqui, ter um site ou blog dá sim muito trabalho. Além de escrever os textos, divulgar, espalhar nas redes sociais, responder emails, buscar anunciantes,analisar estatísticas,buscar parcerias,enfim, uma infinidade de coisas.Assim, chega uma hora em que não conseguimos dar conta de tudo.Uma da medidas que muitos webmasters adotam é a contratação de redatores ou redatoras.Mas nem todo mundo sabe como proceder com isso, e é sobre esse assunto que resolvi falar hoje.Vamos lá?

Você precisa mesmo de um(a) redator(a)?

Você tem certeza de que precisa colocar alguém para escrever para você? Muitas vezes tudo não passa de uma questào de se saber organizar seu tempo.Em um site meu por exemplo, realmente vi a necessidade de colocar alguém para escrever, pois tenho 4 sites, estudo e trabalho.Mas se você tem apenas um site e vive dele, talvez seja apenas questào de organizar melhor suas atividades e tempo.

Onde encontrar redatores?

Bom, antigamente o site freela reunia bastante redatores, mas confesso que os que encontrei eram de qualidade discutível.Normalmente, é bom fazer um post em su próprio site, pois irá atrair pessoas que já estão envolvidas com o assunto do mesmo.Quando contratei redatores acabou sendo por indicação de outros amigos webmasters.Mas já escrevi para um site que usou esse método para encontrar redatores.

Quanto pagar?

O pagamento é uma questão relativa.Não é possível chegar aqui e falar: pague 7 reais por exemplo. Cada caso é um caso. O que posso te garantir é que pagar menos de 5 reais por texto deixa bem difícil exigir qualidade. No mercado você encontrará redatores cobrando de 3 reais a 60 por texto, indo de adolescentes de 14 anos em casa a toa a jornalistas formados e com mestrado.Então o passo básico é descobrir que nível de profissional você precisa, e se a renda gerada pelo site pode pagar por ele.Não adianta pagar redatores e o site terminar o mês devendo.A não ser que seja um projeto de muito longo prazo.Particularmente, em um site, pago de 6 a 7 reais pois o site em questão não necessita de
artigos aprofundados e nem de um profissional qualificado para tal.

Existem outras duas modalidades de pagamento, uma delas é deixar o redator(a) fixo em seu site, e pagar uma porcentagem do lucro dele ao redator(a). Outro esquema que alguns blogueiros fazem, é permitir que o redator insira um anúncio no meio do site, como por exemplo do google adsense, onde o lucro será dele.Tudo depende de que modo você irá preferir trabalhar.

Qualidade dos textos

hospedagem ruim

Pois é, eu também já recebi textos que me deixaram de cabelo em pé!

Um dos grandes problemas que ocorrem na contratação de redatores(as) é quanto a qualidade do texto.Não raro recebi textos “robotizados” de redatoras, e isso é um grave problema. Uma amiga, recentemente passou pelo mesmo problema ao contratar redatores.A questão é que dificilmente a pessoa conseguirá escrever com o mesmo “feeling” que você ou com o mesmo “carinho” pelo site.E o que fazer nesses casos? Bom, eu por exemplo elaborei um modelo de como queria meu site.Onde entraria o titulo, o tamanho da introdução, de que jeito se dirigir ao leitor, etc.Deu trabalho? Com certeza, mas ajudou tanto a mim quanto a redatora a entrarmos em acordo.Acredito que é o jeito mais adequeado de manter a qualidade do seu texto de modo que os leitores não venham depois reclamar que seus textos caíram de produção.Esse foi o jeito que encontrei, acredito que cada webmaster pode achar aqui suas métricas e seu modo de agir,meu caso é somente um exemplo.

Conclusão

Bom pessoal, espero que tenham gostado das dicas.Acredito que contratar redatores para um site é um passo que deve ser pensado com bastante cuidado, e espero que com esse artigo tenha conseguido mostrar esses detalhes que devem ser vistos , ok?

E você? Já contratou pessoas para escrever em seu site? Como foi a experiência?


Seja um leitor Premium, receba os artigos direto no email:


admin
Almy Fróes é Analista de TI, problogger e compartilha no Mestre dos Sites o que aprendeu sobre WordPress, blogs, SEO e otimização de sites
Mais alguns posts interessantes:
programa afiliados
Ganhar online: conheça os 5 segredos de quem ganha dinheiro com blogs e sites!
curso de php
Curso de PHP Online – veja como é fácil aprender essa linguagem!
escrever no pc
Ebook Grátis – Redator de Sucesso
9 Comments
  • Flávia
    18 18America/Sao_Paulo junho 18America/Sao_Paulo 2015 at 2015-06-18T09:05:33+00:000000003330201506
    Resposta

    Bom dia, antes de mais nada gostaria de parabenizá-lo pelo site e pelo conteúdo exposto neste artigo que, sem dúvidas, é de fundamental importância.
    Eu como redatora web já há 04 anos na área, preciso concordar com os comentários feitos pela Russa e pela Júlia.
    Realmente é impossível levar a sério um trabalho de um redator que se sujeite a ligar o computador, pesquisar, rascunhar, revisar e editar o artigo por meros cinco, sete ou dez reais. Isso é um absurdo! É desvalorizar o trabalho dessa profissão de pessoa intelectuais que trabalham em prol de trazer qualidade de informação e conteúdo relevante para os seus leitores, proporcionando como consequência maior rentabilidade para o dono do site ou blog.
    Erram tanto os redatores que cobram esses pequenos valores, como também erram os contratantes.
    Não é que temos intuito de enriquecer com essa profissão, mas precisamos sim valorizar o nosso trabalho, o talento que temos e, mais do que isso, precisamos sobreviver nesse mundo capitalista onde tudo que precisamos comprar é cada vez mais caro.
    Eu por exemplo sigo um atabela de preços onde ajusto o valor do artigo de acordo com o número de palavras e o valor da minha hora de trabalho. È claro que cada caso é um caso, e que tudo é passível de negociação. Mas é importante que o contratante mostre interesse em seu trabalho e valorize o mesmo.
    Os valores que utilizo para colocar os preços em meus artigos são os que seguem logo abaixo e posso dizer que o cliente que realmente está disposto a ter um material de qualidade, sem riscos de plágios, com escrita correta e conteúdo relevante valoriza o redator, pois sabe que o maior contributivo para o sucesso do seu blog é qualidade de informação que ele oferece aos seus leitores.
    • Até 300 palavras: 16,00
    • De 300 a 500 palavras: 28,00
    • De 500 a 700 palavras: 38,00
    • De 700 a 1000 palavras: 56,00
    Acima de 1000 palavras eu combino com o cliente e caso ele feche pacotes a partir de 03 artigos semanais, os descontos variam de 5 a 15% para que assim possamos fidelizar o cliente.
    Para entrar em contato comigo basta enviar um email para flamontalvao@bol.com.br
    Grata,

    Flávia
    Redatora Web e Copywriter

  • Russa
    18 18America/Sao_Paulo junho 18America/Sao_Paulo 2012 at 2012-06-18T12:24:41+00:000000004130201206
    Resposta

    Isso mesmo, Julia.
    Também trabalho para um portal com assuntos diversos. Alguns assuntos, inclusive, exigem maturidade para não cair no vulgar. As pessoas parecem esquecer que uma boa pesquisa é tão importante quanto saber realizar um bom texto. E não é só uma questão de ter uma boa gramática. Trata-se de desenvolver um texto que valha a pena ser lido.
    Duvido que alguém que cobre R$ 3 a R$ 7 por texto (com 450/500 palavras) seja um bom redator. Não cobro menos do que R$ 180,00.
    Um bom redator é um ilustrador de palavras. Assim como o cara que faz a ilustração para o site ou o administrador que vai atrás de boas ferramentas para que o site funcione bem, o redator é e tem que ter a mesma importância. Um site tem que ter um conjunto de bons profissionais para que dê certo.
    Montar um site é como abrir uma loja. Se você não tem um pequeno investimento para levá-lo adiante, melhor nem começar. Se não pode pagar um bom redator, então não pode exigir que seus textos sejam perfeitos, atrativos e que se destaquem dos demais. A não ser que você seja tão bom em administrar, como em ilustrar, pesquisar e ainda em redigir.

    • admin
      18 18America/Sao_Paulo junho 18America/Sao_Paulo 2012 at 2012-06-18T14:28:52+00:000000005230201206
      Resposta

      Boa Tarde Telma!

      Bom, tenho amigos jornalistas e realmente concordo com você, um profissional de verdade realmente jamais cobrará um valor tão baixo para apresentar qualidade.Acho que existe muito investimento em formação, e o profissional deva ser recompensado sim.

      Mas existem casos, em que o texto realmente não precisa ser algo profissional, existem sites em que não necessitam do texto de um jornalista formado, seria algo como usar uma bomba atômica para matar um mosquito.Como por exemplo, no caso que citei que paguei R$7 reais, é um texto que sinceramente escrevo em 10 minutos(nem chega a ser um texto, sao 3 paragrafos), a ideia do site para o qual o artigo foi escrito é apenas “pegar paraquedistas” do Google e pronto.Obviamente sem enganar o usuário, realmente entregar o que ele procura, mas seria uma ofensa pedir a um jornalista formado ou um redator de qualidade escrever um texto desses.

      Em outros casos, onde realmente se faz necessário um texto de qualidade, concordo plenamente, eu como redator publicitario ou jornalista formado jamais aceitaria trabalhar por tao pouco, mas para um estudante de nivel medio que vive de mesada, e fica a toa o dia todo, R$7 por um texto é bem dentro da realidade.

      Forte Abraço!

  • Julia
    17 17America/Sao_Paulo junho 17America/Sao_Paulo 2012 at 2012-06-17T11:40:45+00:000000004530201206
    Resposta

    Senhores,
    Muito interessante o post, porém, concordo com o comentário da Russa. Se pesquisar assuntos diversos e escrever posts originais fosse fácil, ninguém contrataria redatores. Trabalho como redatora para um portal que distribui conteúdo para sites de diversos assuntos. Hora estou concentrada em um tema como moda, daqui a pouco, sobre empreendedorismo na internet e, por aí vai. É dificil se concentrar, pesquisar assuntos tão diversos e ainda encontrar imagens com autorização para uso comercial, a fim de produzir conteúdo inédito e de qualidade. O que mais dói para um redator é ver o quanto o seu trabalho pode ser visto como algo banal e desrespeitado, como o site ‘Freela’ tem conseguido demonstrar com maestria. Há proponentes bem audaciosos, que tem a ‘capacidade’ de escrever uma lista enorme de condições para contratar um freela, ao preço de R$1 ou R$2 por textos de 500 palavras ou mais. Isso é ridículo! E o pior é que tem gente que aceita e, neste caso, são os freelancers ideais para propostas imbecis.

  • Russa
    14 14America/Sao_Paulo junho 14America/Sao_Paulo 2012 at 2012-06-14T22:11:32+00:000000003230201206
    Resposta

    Se eu fosse cobrar esses valores pelos meus textos, eu morreria de fome…rs. Como um redator vai levar você ou o trabalho que você quer dele a sério, pagando 7 reais por texto? Só mesmo alguém sem experiência é que aceita isso.
    Eu acredito que um bom redator vai muito além do que você colocou no seu texto.
    A análise tem que começar pelo tipo de site. Sites têm objetivos diferentes e o redator tem que ter essa percepção – não somente para saber cobrar, mas para saber o quê e como escrever para ele.
    Um redator que faz um post é uma coisa, mas um redator que tem que pesquisar horas sobre determinado assunto, desenvolver um bom texto (no formato apropriado para a internet) e que prenda a atenção do leitor, é outra coisa bem diferente.
    Não basta um texto qualquer. Um bom redator tem que ser criativo quando desenvolve seus textos, justamente para se diferenciar dos demais (porque grande parte ainda copia e cola ou floreia o que acabou de ler).
    Se estivermos falando de atualização de post o dinheiro é um, mas se falamos de um bom redator, o dinheiro é outro.
    Um “bico” entre amigos ou um post, de vez em quando, não é a mesma coisa que um redator (ainda que freela) com os olhos voltados para o crescimento de um site. Até porque, ali no conteúdo da sua escrita, está explícito o currículo dele. Se o site crescer, ele cresce igualmente.
    Não se pode ter o mesmo peso e medida para tudo, concordam?

  • 11 11America/Sao_Paulo junho 11America/Sao_Paulo 2012 at 2012-06-11T09:35:54+00:000000005430201206
    Resposta

    Olá Mestre, eu possuo 2 redatores para dois blogs que possuo, confesso que não podia ter feito uma escolha melhor. Ambos são muito profissionais e realmente bons no que fazem, porém eles fazem parte do meu círculo de amizades, então foi mais fácil. Eu só tomo cuidado para manter o profissionalismo, não deixar a amizade atrapalhar e tudo mais. Não confio em sites como o Freela, prefiro utilizar a técnica de escrever um post anunciando.

    Abraços, Arlindo Armando

  • 10 10America/Sao_Paulo junho 10America/Sao_Paulo 2012 at 2012-06-10T00:14:38+00:000000003830201206
    Resposta

    Mestre, acho que os valores que você passou ficam dentro do normal mesmo.
    Eu tenho freelas de R$2 à R$20,00, dependendo do tipo de texto que preciso.
    Alguns escrevem cobram por “unidade” outros por “pacotes” de artigos, então acho que o melhor é acordar o valor com o freela.

    Abração.

  • 9 09America/Sao_Paulo junho 09America/Sao_Paulo 2012 at 2012-06-09T17:15:35+00:000000003530201206
    Resposta

    Muito bom seu texto, eu estou começando agora com um blog e pensava em contratar redatores mas realmente a qualidade me preocupa já que, muitas vezes não conseguiria os textos dá forma como eu quero.

    Parabéns você foi muito esclarecedor neste post.

  • 9 09America/Sao_Paulo junho 09America/Sao_Paulo 2012 at 2012-06-09T16:58:48+00:000000004830201206
    Resposta

    Olá mestre, tudo bem?

    Por algum tempo estive pensando em contratar pessoas pra escreverem em meus projetos, mas organizei meu tempo e consegui suprir a necessidades. Em todo caso se não for possível acho muito interessante a possibilidade de contratarmos escritores!

    Um abraço e sucesso!

Deixe seu comentário

Your Comment*

Your Name*
Your Webpage