Ganhar Dinheiro

Golpes na Internet: governo aperta o cerco contra a Telexfree!

Entenda por que o governo está acusando a empresa Telexfree de ser um golpe de esquema de pirâmide.

Vez por outra, escrevo alguns artigos alertando leitores sobre eventuais golpes na Internet, tentando evitar que pessoas sejam lesadas e acabem perdendo suas economias para golpistas e aproveitadores. Um dos golpes mais comuns é o sistema de pirâmide. Nele, ou não existe produto físico para venda, ou existe mas o produto é apenas um disfarce para o sistema. O que realmente dá dinheiro é colocar mais pessoas para dentro do “esquema milionário”.

telexfree

Obviamente, tais artigos sempre levantam muita polêmicas: de um lado pessoas que estão dentro desses esquemas e querem angariar mais “ovelhas para o matadouro”. Do outro, pessoas de bem que já foram lesadas por golpes assim ou conhecem quem já foi e se sentem revoltados ao ver o mesmo golpe se repetir novamente, com tanta gente sendo enganada.

Resumo do caso Telexfree

Bom, já expliquei sobre a empresa no artigo

E recentemente, o Jornal A Gazeta, de Vitória-ES, onde é a sede da empresa, fez uma série de reportagens, denunciando o caso:

Dinheiro fácil na internet, na mira da polícia
Esquema de pirâmide – entenda por que uma hora ele se esgota

Até mesmo o jornalista Luis Nassif, escreveu a matéria sobre o caso O Fim do golpe da Telexfree e foi alvo de hackers que tentaram tirar seu site do ar.

Atualmente, após uma série de denúncias da imprensa e de pessoas lesadas via Reclame Aqui, governo e ministério público começaram a investigar o caso.

O que o governo tem feito para investigar a Telexfree

Os Ministérios Públicos de pelo menos sete estados investigam a empresa Ympactus Comercial Ltda. ME, conhecida pelo nome fantasia Telexfree, por suspeita de prática de pirâmide financeira, com “investimentos” estimulados por meio de um sistema chamado de marketing multinível.

De acordo com eles, há uma série de irregularidades envolvendo o sistema de negócio da empresa e a empresa em si:

1. As operações da referida empresa NÃO configuram captação antecipada de poupança popular, que é modalidade descrita no art. 7º da Lei nº 5.768/71 e cuja autorização e fiscalização competem à Seae/MF. Desta forma, NÃO cabe à Seae autorizar nem fiscalizar as atividades da Telexfree em território nacional.

2. A descrição das atividades econômicas principal e secundária da empresa não a autorizam praticar atividades de comércio.

3. Não foi comprovada a parceria entre a Telexfree e operadoras de telefonia móvel ou fixa, o que seria necessário para garantir a prestação do serviço de VoIP (voice over IP), conforme ofertado pela empresa.

4. Com base nas informações prestadas pela empresa, a Seae/MF concluiu que estão presentes indícios de duas possíveis irregularidades na relação comercial entre a Telexfree e os divulgadores membros da rede da organização: I. o estímulo à economia informal e II. a exigência de exercício de duas atividades laborais (como divulgador e como comerciante) para o recebimento de apenas uma.

5. A oferta de ganhos altos e rápidos proporcionados principalmente pelo recrutamento de novos entrantes para a rede, o pagamento de comissões excessivas, acima das receitas advindas de vendas de bens reais e a não sustentabilidade do modelo de negócio desenvolvido pela organização sugerem um esquema de pirâmide financeira, o que é crime contra a economia popular, tipificado no inciso IX, art. 2º, da Lei 1.521/51.

Complicado não?

Minha opinião sobre a Telexfree

Basicamente, concordo com o Governo e com o jornalista Luis Nassif em todas as alegações. Há vários indícios de ser um esquema de pirâmide de ponzi, e várias questões não resolvidas. O Jornal A Gazeta foi até o local dos EUA onde dizem ser a sede da empresa, e não havia sede, apenas uma sala, alugada compartilhadamente com outras empresas, a qual a Telexfree só pode usar para reuniões, 2 vezes por semana. Ora, uma empresa que diz gerar milhões não tem nem sede?

Outro fator estranho é a empresa estar registrada como microempresa e alegadamente gerar milhões em renda, quando na verdade, pela sua classificação atual não poderia ter renda anual superior a 3,6 milhões. Muitos comentários afirmam que é tudo implicância e que realmente existe a venda do produto Voip, quando na verdade pouquíssimos divulgadores realmente sabem usar ou como funciona o tal produto. Os anúncios veiculados também não justificam a renda e seria infinitamente mais barato para a empresa anunciar no AdWords ou outras redes de anúncio. Um comentário frequente dos defensores do esquema é falarem que uma empresa também é uma pirâmide. Não, não é. Existe uma hierarquia, mas você não precisa pagar para trabalhar e nem fica sem ganhar dinheiro se não entrarem novos funcionários da empresa.

Infelizmente, a mistura de ganância com falta de informação tem feito pessoas venderem casas, sacarem poupanças e economias, sem perceber que estão sendo lesadas e ficarão a ver navios em breve. Isso sem mencionar o fato de terem de enganar outras pessoas para coloca-las para dentro do esquema, sabendo que está fadado ao fracasso em breve. Basta lembrarmos do recente escândalo da MR Colibri, empresa quase idêntica, até com o nome dos produtos parecidos: ad isso, ad aquilo, tema isso, builder aquilo. Incrível como as pessoas se deixam enganar facilmente.

Conclusão

Espero que tenham gostado das informações e consigam evitar golpes do tipo que o governo classifica como o da TelexFree. Dúvidas e sugestões deixem nos comentários!
Fontes: Jornal A gazeta , S1 noticias e Globo.com


Seja um leitor Premium, receba os artigos direto no email:


Almy
Almy Fróes é Analista de TI, problogger e compartilha no Mestre dos Sites o que aprendeu sobre WordPress, blogs, SEO e otimização de sites
Mais alguns posts interessantes:
Afiliados Brasil Nordeste:que tal ir com um super desconto a esse evento incrível?
casal empreendedor
Casal Empreendedor cria empresa de Turismo e viaja o mundo enquanto trabalha!
anunciantes
Ganhar dinheiro: como trazer anunciantes pro seu site !
6 Comments
  • 16 16America/Sao_Paulo abril 16America/Sao_Paulo 2014 at 11:32
    Resposta

    […] ano passado, acompanhamos de perto o caso da Telexfree, que muitos diziam ser pirâmide e ao qual sempre expliquei o por que disso. Na época fui atacado, […]

  • 1 01America/Sao_Paulo fevereiro 01America/Sao_Paulo 2014 at 04:04
    Resposta

    O governo apertou o cerco mas afrouxou novamente. Hoje em dia as pessoas voltaram novamente a trabalhar com TelexFree. Aquela mensagem no site oficial que falava sobre o bloqueio judicial nao existe mais. Esta praga não morre.

  • Frodo
    21 21America/Sao_Paulo abril 21America/Sao_Paulo 2013 at 18:54
    Resposta

    Quanta desinformação, quem entra na Telexfree não precisa indicar ninguém para recebe o pagamento, apenas e só apenas se a pessoa quiser chamar alguém ela será bonificada, por isso, e essa bonificação não é paga por quem entra depois.

  • Moipao
    2 02America/Sao_Paulo abril 02America/Sao_Paulo 2013 at 20:47
    Resposta

    Nunca tinha visto tamanha burrice, é inocência de pessoas gananciosas na internet, até membros da minha familia deixaram alguns $$$ para estes caras.É o burro era eu que não quiz participar, desta rede moderna nos dias de hoje, que se faz a multiplicação dos peixes do dia para a noite..Porém a sempre um tubarão experto por perto, para bocanha os peixinhos..kkkkkk

  • mario
    29 29America/Sao_Paulo março 29America/Sao_Paulo 2013 at 22:41
    Resposta

    Olá Almy,
    Tbm sou analista de sistemas.
    O que vc achou sobre o suposto “bug” no sistema da telexfree. tenho 20 anos de experiencia em sistemas, desde o DOS, win95, 98, XP, W7, Linux, e agora estou na WEB e Android e nunca vi “bug” parecido.Segundo eles, devido ao alto tráfego, sumiram os dados e depois os dados apareceram atualizados….muito estranho.
    Gostaria da sua opinião.
    Abraços.

    • admin
      30 30America/Sao_Paulo março 30America/Sao_Paulo 2013 at 13:27
      Resposta

      Eu sinceramente achei uma desculpa bem esfarrapada, tambem trabalho com ti, e com os bancos de hoje em dia isso não existe de “sumir dado”

Deixe seu comentário

Your Comment*

Your Name*
Your Webpage