Otimização de Sites SEO Temas Variados

Google Analytics: aprenda a interpretar e fazer bom uso das suas informações! – Parte 1

Veja em quais informações prestar atenção para fazer seu site crescer…

analytics logo
De cada 10 webmasters, 9 utilizam ou já utilizaram o Google Analytics para medir o tráfego dos seus sites. Primeiramente porque é gratuito. Em segundo lugar, porque é um dos melhores monitores de tráfego para sites já criados. Sua gama de informações é extremamente grande e pode auxiliar bastante um webmaster.Porém, poucos webmasters sabem realmente aproveitar esses dados para garantir melhorias a seus usuários. Vamos então abordar cada uma das métricas e falar sobre como elas podem te ajudar.

Taxa de rejeição (bounce rate)

A taxa de rejeição indica se os usuários que chegam ao seu site o fecham logo depois de abrir. Para que seu site prospere é ideal que sua taxa esteja pelo menos abaixo dos 50%. Entre os motivos que podem fazer sua taxa de rejeição subir estão:

– Usar tags apelativas em seus artigos como “fulana sem roupa” em um post sobre notebooks. O visitante entra, percebe que foi enganado, xinga o webmaster e fecha o site
– Visitas altamente dependentes de agregadores como Ocioso ou Ueba que podem dar até 4 mil visitas em um dia, mas que abrem e fecham o site em menos de 10 segundos
Layout ruim e poluído que acabam espantando o usuário
– Conteúdo ruim e mal escrito. Artigos de má qualidade afastam o usuário assim que ele começa a ler

Como melhorar:
– Invista em conteúdo de qualidade
– Revise seu texto. Textos mal escritos e com erros gritantes de português afastam qualquer um, além de passar uma imagem de amadorismo
– Não engane o usuário. Use tags que realmente tenham a ver com o assunto do post

Tempo médio no site (site time)
 O tempo médio no site, é a média do tempo que os usuários permanecem nele. Obviamente, quanto maior melhor. Além de ser valorizado por eventuais anunciantes, é sinal de que o visitante se interessa pelo seu conteúdo e dedica algum tempo à leitura dos seus artigos.

Como melhorar
– Invista em conteúdo de qualidade
– Deixe seu conteúdo acessivel ao visitante, crie links entre artigos de um mesmo tema, use plugins de posts relacionados. Enfim, mostre ao usuário que existem mais artigos de qualidade em seu site.

Origens de tráfego (traffic sources)

Essa métrica mostra a fonte de seus visitantes. Basicamente mostra se o usuário veio de mecanismos de pesquisas como Google, Bing ou Yahoo (normalmente aparecem como “Google(organic)”), se o usuário digitou seu endereço direto no navegador, ou se veio de um link em outro site ou de redes sociais. Quanto mais fontes melhor. É importantíssimo que suas visitas não estejam concentradas em uma fonte única, já que qualquer mudança na origem pode fazer suas visitas desabarem, colocando meses de trabalho no lixo.

Como melhorar
– Divulgue seu site em meios diferentes
– Divulgar seus sites em redes sociais é altamente recomendado já que geram visitas de alta qualidade, além do poder de alcance bastante amplo. Quanto mais seguidores e participantes, mais visitas.
– Faça parcerias e estimule links ao seu conteúdo. (links não são cópias. Muito cuidado! )

E então? Gostaram das dicas? Em breve publicaremos a parte 2 !


Seja um leitor Premium, receba os artigos direto no email:


Almy
Almy Fróes é Analista de TI, problogger e compartilha no Mestre dos Sites o que aprendeu sobre WordPress, blogs, SEO e otimização de sites
Mais alguns posts interessantes:
afiliados 2013 geral
Afiliados Brasil 2013 – perdeu o evento? Veja aqui como foi!
Email marketing para iniciantes:chegou a hora de voce aprender!
mudar o mundo
Atenção blogueiros! Conheça 4 Instituições pra ajudar com seu site!
9 Comments

Deixe seu comentário

Your Comment*

Your Name*
Your Webpage