SEO

Seus artigos não aparecem na primeira pagina do Google?A culpa é sua!

Veja por que você é o maior culpado(a) por não ficar bem posicionado(a) nos resultados das pesquisas e consequentemente ter poucas visitas do Google e outros buscadores.

Quem trabalha com sites e  blogs há algum tempo, sabe que as melhores visitas são as dos buscadores como Google, Bing e ask: são esses visitantes que clicam em anúncios do Adsense, que fazem compras e que surpresos pelo conteúdo encontrado, podem espalhar para amigos e divulgar nas redes sociais. Mas, muitos donos de sites sofrem para conseguir essas visitas e insistem em por sempre a culpa no “maldito Google” pela própria incompetência e preguiça. Bom, nesse artigo eu vou mostrar que na maioria dos casos, a culpa é toda sua por não ter visitas dos buscadores. E vou explicar o por quê.

Por que a culpa é minha?

São vários motivos, e aposto que ao final do artigo você estará com raiva de você mesmo(a):

buscadoresSeus artigos são ruins!

Não adianta comprar artigos de 5 reais e achar que vai se dar bem. Não, não vai. Não estamos em 2009. A não ser que você esteja explorando um estagiário e pagando 5 reais por um excelente texto de 500 palavras com imagens e rica informação que seu leitor procura, com muita qualidade. Quer artigos bons e não sabe escrever bem? Pague! Já paguei tranquilamente mais de 20 reais por artigo, pois eram super artigos altamente completos que eu precisava no momento. É caro? Pela qualidade que precisava, não achei. Não adianta pagar 5 reais, você irá receber um artigo control c control v todo copiado, e com os updates como o Google Panda, sabemos que seu artigo não irá aparecer na busca do google em boas posições. Não sabe escrever e não tem grana pra redatores? Aprenda! Dizem os mestres do empreendorismo que sucesso é 90% transpiração e 10% inspiração. Existem ótimos cursos de redação por aí.

Você não faz Linkbuilding

Claro que dá preguiça fazer Guest posts para conseguir links em outros sites, confesso que eu mesmo também tenho preguiça as vzes.Mas essa pode ser a diferença entre você que está na 7 posição e aquele blog com um conteúdo até um pouco pior que o seu, que está na segunda posição. Obviamente, em tempos de Google Pinguim não se pode exagerar, mas guest posts ainda funcionam muito bem sim. Quer um exemplo? Digita no Google: como lavar roupa e você irá me ver na primeira posição com o Guia dos Solteiros. Como cheguei aí? Guest posts :o)

Você não dá atenção as redes sociais

redes sociais

Você pode achar que é lenda, boato de Internet, mas a verdade é que quando seus artigos ganham likes, tweets, G+s , isso não só traz mais visitas como ajuda a aumentar a relevância dos seus artigos. Eu por exemplo, recentemente tive que mudar o formato dos links no site http://naoacredito.blog.br . Não perdi o “juice”pois foi feito redirecionamento. Porém alguns links dos artigos tinham 40, 50 likes, 20,30 tweets e tudo isso foi perdido. Resultado? As visitas despencaram saí de quase 4k diárias pra cerca de 500-700. Ainda bem que é site de humor e nunca teve um retorno muito grande. Mas imagine se fosse um site que eu vivesse somente dos ganhos dele? Então, aprenda com meu erro e de atenção as redes sociais, coloque botões de compartilhamento nos artigos, ajude seu visitante a te ajudar!

Você não se importa com a velocidade de carregamento do seu site

Ok, ninguém gosta de ter um site lento. Mas existe uma grande diferença entre reclamar que o site está lento e realmente colocar a mão na massa e fazer algo para que isso mude.Recentemente reduzi o tempo de carregamento de um site, apenas removendo dois botões de imagem da sidebar. 2 segundos parece pouco tempo? Pra você talvez, mas não para o Google e outros buscadores e muito menos ainda para seu visitante.Essa pode ser a diferença entre fechar o site e ir para outro, ou voltar para o Google. E isso com certeza atrapalha no posicionamento nas buscas. Já falei no artigo abaixo, como melhorar isso:

Otimização de sites: aprenda como deixar seu site mais rápido!

Conclusão

Bom pessoal, espero ter ajudado a identificar algumas ações que tomamos ou não e que com certeza fazem a diferença na hora de ficarmos com nossos sites bem posicionados no Google.

Tem mais idéias pra compartilhar com a gente? Deixa aí nos comentários!


Seja um leitor Premium, receba os artigos direto no email:


admin
Almy Fróes é Analista de TI, problogger e compartilha no Mestre dos Sites o que aprendeu sobre WordPress, blogs, SEO e otimização de sites
Mais alguns posts interessantes:
Google Panda
Google panda: 5 dicas para não ter problema com ele!
seo
SEO: as técnicas mudaram mas seu visitante é o mesmo!
Quebre as correntes!
SEO: Google aperta o cerco contra sites que vendem links!
2 Comments
  • 6 06America/Sao_Paulo agosto 06America/Sao_Paulo 2014 at 06:42
    Resposta

    Gostei das dicas 🙂

  • Tin
    15 15America/Sao_Paulo maio 15America/Sao_Paulo 2014 at 21:20
    Resposta

    Por contradição achei este site lento pra carregar, mas as dicas são boas.

    dahora

Deixe seu comentário

Your Comment*

Your Name*
Your Webpage